terça-feira, 25 de outubro de 2016

Kardec colorizado substitui a saturação de Kardec 3D

Imagem de Allan Kardec colorizada e que está circulando fartamente na internet.

A última tentativa de modernizar a rara imagem do professor Rivail, registrada em P&B no século XIX, também foi feita por um artista digital, no formado 3D, há uns cinco anos, mas a exploração foi tanta que se desgastou como produto visual.

A versão atual vai dar um descanso na anterior. Mesmo assim, continuamos sem poder imaginar como era o coditiano de Paris e das atividades espíritas naquela contexto. Já é possível criar esse cenários virtuais, mas ainda não foi enontrada uma boa motivação para tal. 

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

A reencarnação de Kardec


Nossa opinião sobre identidade e reencarnação ainda se pauta pela dificuldade de aceitar evidências que não são evidências e provas que também não são provas. Com exceção dos casos de desenacarne prematuro e reencarne quase que imediato, todos os demais casos são marcados pelo segredo e pela incerteza. Recebemos recentemente uma tese sobre a reencarnção de Allan Kardec, animando a personalidade de um conhecido militante da doutrina espírita. Nessa tese Kardec não é Chico Xavier. A pedido da editora, que nos pediu uma análise do trabalho, bem como nossa opinião sobre a conveniência ou não da publicação, mantemos o segredo da tese e da identidade do autor. Mas adiantamos que os argumentos são fortes e muito bem contruídos, podendo também tomar forma de discurso e ideologia (crença, expectativa, simpatia, etc) presentes em todas as demais teses. Incentivamos a publicação. Não sabemos se o editor vai contemplar o autor e o público com esse interessante trabalho de pesquisa e confrontação de fatos entre as duas personalidades em jogo interexistencial. Vamos aguardar.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Nota de missão cumprida. Suely Conchon.

Faleceu hoje de madrugada, em São Paulo, a educadora Suely Bataglia Conchon, voluntária da segunda turma de plantonistas do Centro de Valorização da Vida, de 1963. Foi durante muitos anos membro do Conselho Diretor, do Programa CVV e do Hospital Francisca Júlia. Era casada com Jacques André Conchon e mãe de quatro filhos. Aqui Suely aparece ao lado do esposo e de amigos da diretoria num Congresso do CVV em 1978, na sede Gastroclínica. São eles: Valentim Lorenzetti, Allankardec Gonzalez, Pedro Martins e Flávio Focácio. Na seara espírita, Jacques e Suely atuaram na Federação Espírita de São Paulo e foram fundadores da Aliança Espírita Evangélica.

Foto: "CVV, 50 anos ouvindo pessoas". Editora Aliança.

sábado, 15 de outubro de 2016

Compartilhe com os jovens


Compartilhe com jovens que você acha que poderiam gostar dessa história.

http://estacaoamizade.blogspot.com.br/

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Como surgiu e como funciona o CVV.


Mensagem para ativistas brasileiros e religiosos que vivem no Japão.



A EXPERIÊNCIA DO CVV PARA GRUPOS RELIGIOSOS NO JAPÃO. VÍDEO II. Um grupo de religiosos brasileiros que vivem no Japão nos solicitou instruções para a formação de um trabalho de Escuta Fraterna. No Japão vivem cerca de 170 mil brasileiros, entre os quais encontramos católicos, espíritas, evangélicos, umbandistas, budistas e vários outros segmentos.

Suicídio: o aspecto espiritual da prevenção.


Mensagem para ativistas brasileiros e religiosos que vivem no Japão. Parte 2