terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Há quanto tempo você não desabafa?



Numa época em que as redes sociais ganham cada vez mais espaço, o isolamento e a solidão ainda persistem na experiência humana.

Mesmo convivendo em meio ao barulho e agitação das multidões, milhares de pessoas ainda experimentam diariamente a desconfortável sensação de abandono e desprezo. Querem conversar, falar de si, das suas angústias, mas não têm oportunidade ou coragem suficiente para abrir seus corações e expor seus sentimentos. Elas precisam de um tipo de amizade que vai muito além das relações comuns e superficiais nas quais a maioria parece estar satisfeita. Elas precisam falar, desabafar e até mesmo chorar, até que se sintam aliviados, mais leves e continuem tocando suas vidas.

A gente nem imagina quantas pessoas existem e vivem assim, na maioria das vezes sem rumo e sem esperança. Se você conhece alguém que esteja assim, tente dar um pouco mais de atenção para o que ela tem a dizer. Um detalhe curioso: o que ela não quer dizer também é muito importante e talvez seja o ponto mais crucial do seu sofrimento silencioso.

Se você acha que não tem tempo ou pensa que não possui jeito para ouvir desabafos, faça pelo menos a gentileza de oferecer discretamente o telefone do CVV ou de outro serviço voluntário de ajuda emocional.

Assim, todos vão ficar se sentindo bem, inclusive você.

Ligue 141 e veja se não é a pura verdade!

Nenhum comentário: